God bless you !

sexta-feira, agosto 20, 2010

Como entender o inaceitável?

Para as pessoas hoje em dia, é mais fácil aceitar o que está na "boca do povo",
do que apurar os fatos por suas razões verdadeiras.
Como por exemplo os famosos "boatos"; que retrata uma "mine" verdade,
de um ato que uma pessoa tomou. Para ela aquilo não passou de uma simples
atitude, mais para o "povo" aquilo foi um escândalo. E cai na famosa "boca do povo".
Claro que nunca podemos descartar que aonde há fumaça conseqüentemente haverá
fogo.
As pessoas na atualidade seguem qualquer idéia; como por exemplo:
Felipe Neto, nos dias de hoje é um "mine" formador de opinião, ele fala
o que pensa,mas em forma de crítica.
Não estou aqui para julga-lo nem para critica-lo, até porque
a crítica é a arma do fraco.
Só estou dando um exemplo,quem nunca viu o vídeo falando das modinhas,Justim Bieber,
coloridos,Fiuk e etc... risos
Mais para entender o inaceitável, é preciso pudor,ética, saber se expressar de forma não-agressiva.
Como num balde, você não vai derramar o sabão em pó inteiro dentro do balde para lavar um banheiro;
você vai colocar um pouco de sabão,um pouco de cloro. Um pouco de cada vai fazer uma solução.
E então você vai deixar de molho, depois esfregar,enxaguar e pra toque final passar um desinfetante.
Não estou ensinando como lavar um banheiro... risos. Eu Quero usar isso como um exemplo, vamos supor
que nós usássemos esse proceder da seguinte forma: para se achegar em uma pessoa, você não vai soltar um metralha de palavras; você irá primeiro conhecer-la. Depois se aproximará de forma mais intensa.
Dai conhecerá melhor com quem está lidando, após esse processo, você terá um laço com tal pessoa; e então o toque final é a continuidade desse processo que se chama AMOR AO PRÓXIMO.
Para entender o que não se aceita, procure um caminho em que possa ti acrescentar, fazer você aprender com o que não aceita. Pois as vezes, é no nosso maior DESCASO,
que encontramos a nossa maior FELICIDADE.
Não Critique, APRENDA. Se não compreende, procure, e faça o melhor de si.
Read More

quarta-feira, agosto 18, 2010

Dor



Um Sentimento DOLORIDO, por isso o nome DOR. Já vi várias coisas na minha vida, mais quando eu achava que tinha visto MUITA coisa,
é que não vi NADA.
Dia 08/08 meu Tio morreu, nossa foi muito triste, o meu coração se recusava a acreditar
que fosse realmente verdade. Doeu demais.
Uma morte nunca é bem vinda né.
Há um tempo atrás eu escrevi sobre a morte do meu Avô, mais é totalmente diferente
porque ele morreu de doença, doeu muito, mais nem tanto como a do meu Tio, que foi morte
que alguém tirou a vida dele, dois tiros ele levou. Isso machuca por dentro.
Mas já passo um pouco aquele desespero meu e da minha família. Porque eu ACREDITO e CONFIO
em Deus, e sei que Ele é justiça, e é AMOR.
Eu parei pra pensar: Se todos amassem uns aos outros, não existiria morte dessa forma.
Somos humanos pecadores, e por isso muitas pessoas não aplicam a Lei que Deus deixou.
Desobedecem ela. E poxa seria tão bom se todos se tratassem como irmão em CRISTO.
Eu perdi meu Tio, fiquei triste como toda perca deixa. Mas fui além de mim, e descobri
que temos que aprender sempre, perdendo ou ganhando, errando ou acertando temos que ver o lado
positivo das coisas.
Deus sabe de TUDO e só Ele conforta, se apoie em Deus, deixe que ele ti leve...
Em momentos assim, a melhor coisa é pensar nas virtudes, e aprender com os defeitos.
Eu sei que meu Tio não se encontra mais aqui, mais sei que tem MUITA gente no mundo
que perdeu alguém querido, por isso:
A Todos que passou ou passa por um momento difício desse; CONFIE sempre Naquele
que sempre ti FORTALECEU.
Read More

domingo, agosto 01, 2010

Um lugar todinho meu



A professora de português mês passado, pediu para idealizarmos um texto numa prova.
E então eu idealizei o meu lugar imaginário.


Um lugar todinho meu
Imagine, um lugar onde não houvesse dor e tristeza...
Um lugar onde as pessoas tivessem coerência e fossem justas. Onde o mar 
fosse bem azul e a areia bem limpinha...
As Pessoas cumprimentassem umas as outras, sem pré-conceito.
Eu traria este lugar além do infinito se pudesse.
Um lugar que eu pudesse chamar de "meu", onde eu colocasse em prática
os meus ideais sem receio da atitude/reação das pessoas, onde eu não fosse 
"reprimida" pela sociedade.
Eu idealizaria este lugar único e cobiçado por mim. Um lugar bonito vivendo 
em PAZ comigo mesma, e desfrutando do que Deus deu de melhor para todos 
nós.


Isto foi o que eu escrevi na prova.
Quem não gostaria de viver assim... risos..


- Obs: quem quiser falar comigo ou me mandar alguma coisa, meu msn/e-mail:
kety_sarto@hotmail.com
Uma Ótima noite pra todos.
Read More

© 2011 Its Ketylin, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena