God bless you !

quinta-feira, agosto 11, 2011

A fonte de Deus

Ultimamente está me faltando ânimo, em todos os sentidos. Eu sei que não devemos nos deixar levar pelas dificuldades da vida, mas é que eu penso que este momento da minha vida, era pra ser o melhor de todos.
É nessa idade que agente tem mais ânimo, é nessa idade que temos mais vigor e que fazemos as coisas mais doidas e legais da vida... A adolescência é uma fase muito boa e inesquecível, e ser jovem é o sonho de todo adolescente, como era o meu. Eu cheguei. E agora?

E agora que nada do que eu imaginava tá acontecendo. É até engraçado.
Além de estar redescobrindo a minha chatice, ficar parada acho que não é do meu feitio. Eu acho né.
"O ânimo vem quando agente menos espera" alguém disse. Mas eu tenho certeza que isso só depende de nós mesmos, porque o ânimo vem quando nós tomamos alguma atitude. 
Eu já tomei a minha tirando força de uma fonte... a única que eu conheço: A fonte de Deus.

Ela é como a famosa "sala precisa", o que você estiver precisando em uma hora de desespero ou numa situação difícil e até mesmo nas horas boas, um conselho.
God Bless !

3 comentários:

BLOG DINIZ K-9 disse...

Parabéns pelo belo blog, conheci através do Blog Quadro Poético de minha prima Tatyane Diniz. Vou acompanhar suas postagens. Visite O Blog Diniz K-9.
http://dinizk9.blogspot.com/

BLOG DINIZ K-9 disse...

Obrigado por visitar e comentar no Blog Diniz K-9, volte sempre. Vou acompanhar suas postagens.
http://dinizk9.blogspot.com/

Nayara Borato disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Nayara e cheguei até vc através do Blog Azues. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir um blog do meu amigo Fabrício, que eu acho super interessante, a Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. A Narroterapia está se aprimorando, e com os comentários sinceros podemos nos nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs





Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.



Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

http://narroterapia.blogspot.com/

© 2011 Its Ketylin, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena