God bless you !

sábado, janeiro 29, 2011

Sem exageros

Uma vez disseram: "Tudo que é demais sobra", é nesse assunto que eu vou entrar.
Se alguém passa muito calor, pode até morrer de calor.
Se alguém passa muito frio, pode morrer de hipotermia.
Nesses dois casos, só o exagero pode provocar isso. 
O calor e o frio são fenômenos naturais, ou seja, não atingir mais do que podemos, faz bem a nós e a natureza, de modo que nem mesmo a natureza suporta "exageros".
Agora vou expor um exemplo sentimental: Se uma mulher ama mais o seu namorado, do que ele a ama,
a relação não vai pra frente. 
E porque não vai pra frente? Porque um não pode dar mais de si, do que o outro.
Ninguém pode amar por dois. 
Assim como ciúmes demais corroí, frieza demais destrói. Uma coisa completa a outra.
Sem exageros tudo fica melhor...
Sem sal é sem gosto, e sem açúcar é amargo. Temos que saber apreciar o gosto da vida.
Juntando tudo que eu já citei aqui, é mais fácil obter uma reflexão. No namoro seja sábio(a),
invista em quem ti dá retorno, e nunca exija demais de ninguém, porque quando se exige algo,
vira mais uma cobrança do que conselho. E como eu disse no começo... Tudo que é demais sobra.
E se sobra é resto. Não seja, e não queira ter uma vida de exageros, nem na amizade, nem no trabalho,
nem em qualquer tipo de relacionamento.
God Bless !
Read More

quinta-feira, janeiro 27, 2011

Pra Que Outros Possam Viver

Leia com atenção:
Pra que outros possam viver, vale a pena morrer
Pra que outros possam sorrir, vale a pena chorar
Pra que outros possam viver

"Portanto, visto que temos este ministério pela
misericórdia que nos foi dada, não desanimamos. Antes,
renunciamos aos procedimentos secretos e vergonhosos;
não usamos de engano, nem adulteramos a palavra de
Deus. Ao contrário, mediante à clara exposição da
verdade, recomendamo-nos à consciência de todos,
diante de Deus. Pois não pregamos a nós mesmos, mas a
Jesus Cristo, o Senhor, e a nós como escravos de
vocês, por causa de Jesus. De todos os lados somos
pressionamos, mas não desanimamos; ficamos perplexos,
mas não desesperados; somos perseguidos, mas não
abandonados; abatidos, mas não destruídos. Trazemos
sempre em nosso corpo o morrer de Jesus, pra que a
vida de Jesus também seja revelada em nós. Pois nós
que estamos vivos somos sempre entregues à morte por
amor a Jesus, pra que a Sua vida também se manifeste
em nosso corpo. De modo que em nós atua a morte; mas
em vocês, a vida. Por isso não desanimamos. Embora
exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente
estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos
sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para
nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles.
Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no
que não se vê, pois o que se vê é transitório, é
passageiro, mas o que não se vê é eterno."

Pra que outros possam viver, vale a pena morrer.

E nas palavras de 2Co 4 que nós acabamos de ler, pra
que outros possam viver, não apenas vale a pena
morrer, como deve-se morrer, deve-se. Pra que outros
possam viver, deve-se, é necessário morrer pra que
haja vida, trazendo sempre em nosso corpo o morrer de
Jesus, pra que a vida de Jesus também seja revelada em
nosso corpo, pois nós que estamos vivos, somos sempre
entregues à morte por amor a Jesus, pra que a sua vida
também se manifeste em nós de modo que em nós atua a
morte, pra que em vocês, pra que em outros, atue a
vida. Assim como a semente que não morre, não germina,
assim como a semente que não morre é incapaz de gerar
frutos, aquele que não morre é incapaz de gerar vida,
incapaz... Não fosse o sangue do Cordeiro, não fosse o
sangue de todos os mártires que vieram antes de nós,
não fossem aqueles que vivem como se não pertencessem
a este mundo, não seríamos conhecedores das boas novas
da vida, não seríamos. Mas se as coisas são assim, se
isso é verdade, se isso reflete a realidade, se o
Senhor teve toda a intenção de dizer exatamente o que
Ele disse, por que é então que não morremos? Por que é
então que o mundo está cansado de ver uma igreja que
deveria carregar a imagem da morte, mas não carrega...
não carrega. E não carrega porque ela mesma recusa-se a
morrer. Se a ordem é essa... se a ordem é essa por que
é então que não vemos mais vidas sendo geradas? Nações
sendo alcançadas em meio à voluntária entrega da vida
por parte daqueles que se dizem cristãos... por quê?
por quê? Porque existe algo de muito errado em nosso
meio. Existe algo de muito errado em meio aquilo que
chamamos de evangelho do reino de Deus, evangelho do
reino de DEUS, não o evangelho do reino dos homens
para os homens, não o evangelho do reino desta terra
para esta terra, não o evangelho do seu reino pra você
mesmo, para o seu próprio benefício... mas o evangelho
do reino de Deus, para o benefício de Deus. E existe
algo de muito errado porque estamos confundindo o
evangelho do reino de Deus, que é para Deus, com
outros evangelhos. E o povo, por falta de líderes que
preguem o que o povo precisa ouvir e não o que o povo
que ouvir... o povo está adorando outros bezerros de
ouro. E o grande bezerro de ouro dos nossos dias é a
benção. O grande bezerro de ouro dos nossos dias é a
vitória, é a conquista, é o bezerro da prosperidade, é
a saúde, é o meu bem-estar, é o meu conforto, é a minha
necessidade, é o meu reino, é a minha vida. Sete passos
pra alcançar a benção aqui. Quarenta dias de jejum da
vitória ali. Doze maneiras pra ser próspero um pouco
mais adiante. E trezentas e dezoito formas pra você
fazer com que Deus faça aquilo que você quer que Ele
faça, não importa se Ele queira fazer ou não. Porque,
afinal, o modelo de Jesus "Não seja feita a minha
vontade, mas a sua" serve pra Jesus, serve pro Filho
de Deus, não serve pra mim, não serve pra igreja.



Quantos já foram a alguma campanha do negue-se a si
mesmo? Campanha dos três passos para morrer? Ou a
campanha das sete maneiras de amar o seu próximo como
a si mesmo? Campanha dos quarenta dias de jejum pra
que eu possa carregar a minha cruz? Não? Nunca foi?
Por quê não? Ora, porque não é isso que é importante,
não é isso. Porque o importante é eu ter o carro do
ano. Porque o importante é eu ser abençoado. O
importante é eu mostrar o quão abençoado sou, preciso
mostrar. Eu preciso mostrar. Porque, afinal de contas,
se ando de carro importado é porque Deus me deu, né,
Deus me deu. Porque é muito óbvio que Deus está muito
mais importado com o meu ego... Eu sou, eu sou tão
espiritual e abençoado, que é muito óbvio pra mim, e é
muito óbvio só pra mim, que Deus está mais preocupado
em colocar dinheiro nas minhas mãos, pra que eu possa
comprar coisas caras e tolas, do que está preocupado
em colocar recursos sobre os meus cuidados, pra que eu
possa, de alguma maneira, aliviar a dor dos aflitos...
Porque Deus é tão bom pra mim, Deus é tão sábio, Ele é
tão misericordioso, que Ele prefere que eu compre pra
mim o meu centésimo par de sapatos, Ele prefere... é,
Ele prefere que eu faça isso mais do que prefere que
eu compre algumas marmitas pra dar de comer às
crianças de rua. Porque o importante é eu encher o meu
celeiro até onde der. O importante é o meu reino, é a
minha justiça. Eu trabalhei. Eu suei. Não, não, não,
não. Não foi Deus quem me deu, não. Não, não foi Deus
quem me abençoou, não, não, foi eu quem ganhei. É
justo. Eu trabalhei, é meu. Porque o importante é eu
viver como se não houvesse morte, e Deus que me livre
de pensar em morte. Coisa negativa não é Deus. O
importante é eu viver como se não houvesse morte, pra
que quando a minha hora chegar, eu venha a morrer como
alguém que nunca quis viver.

Porque está escrito na palavra de Deus em Mc 8 e Mt
16: "Então Jesus começou a ensinar-lhes que era
necessário que o filho do homem sofresse muitas coisas
e fosse rejeitado pelos líderes religiosos, pelos
chefes dos sacerdotes e pelos mestres da Lei. Fosse
morto e, três dias depois, ressuscitasse. Ele falou
claramente a este respeito. Então Pedro, chamando-o a
parte, começou a repreendê-lo [Vejam como desde o
início, a igreja se escandalizou com a mensagem da
morte] Jesus, porém, voltou-se, olhou para os seus
discípulos e repreendeu Pedro, dizendo: "Arreda
Satanás! você não pensa nas coisas de Deus, mas nas
coisas dos homens"[ Você não está de olho no reino de
Deus, mas está de olho no reino dos homens!] Então Ele
chamou a multidão e os discípulos e disse: "Se alguém
quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua
cruz e siga-me" [Se quiser, se alguém quiser]
Porquanto, quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á;
mas quem perder a vida por minha causa, achá-la-á.
Pois o que aproveitará o homem se ganhar o mundo
inteiro e perder a sua alma? Ou, o que dará o homem em
troca da sua alma? Porque o filho do homem, o Filho de
Deus há de vir na glória do Seu Pai, Ele há de voltar
com Seus anjos"

E então retribuirá a cada um, conforme as suas obras.
Quem fizer de tudo para garantir a sua vida neste
mundo, não merecerá a vida no outro. E quem fizer de
tudo para garantir a sua vida no outro mundo, perderá
a sua vida neste, perderá o controle da sua vida neste
mundo. Quem viver de olho nos tesouros deste mundo,
receberá somente aquilo que este mundo é capaz de dar.
Mas quem viver com os olhos fixos no tesouro eterno,
este receberá, este haverá de receber aquilo que a
eternidade tem pra dar. Entendam algo... Sabem por que
existem religiosos fanáticos que se matam, que se
suicidam, que dão as suas vidas para serem destruídas,
sabe por quê? Porque eles estão pensando na eternidade,
eles estão de olho na eternidade. E sabe por que você
se recusa a negar-se a si mesmo e entregar o controle
da sua vida a Deus? Porque você está pensando demais
nesta vida. E mais, sabem por que é que estes
fanáticos acabam dando as suas vidas? Porque eles
passaram a vida toda, a vida inteira, ouvindo de seus
mestres que morrer é algo valioso, eles passaram a
vida toda ouvindo de seus mestres que morrer é algo
bom, é algo nobre, é algo honroso, que morrer gera
vida. Gera vida. Mas e a igreja? Mas onde está a
igreja? Onde está a voz profética? Onde estão os que
pregam a verdade? Onde estão os que pregam? Morram!
Onde estão os mestres de Deus a gritarem? Morram!
Morram! Pra viver, morram! Por amor a Cristo, morram!
Por amar a Deus acima de tudo, morram! Onde estão? Por
que os missionários moravianos se vendiam como
escravos, pra poderem pregar aos escravos? Porque
alguém lhes ensinou que esta vida não vale a pena ser
vivida se não for vivida pra Deus. Alguém lhes havia
ensinado que, pra que outros pudessem viver, valia a
pena morrer. Enquanto muitos parecem estar fascinados
demais com mestres que pregam apenas vida nesta
vida... mestres que distorcem o significado de vida em
abundância... Apesar disso... Apesar disso, existem
alguns remanescentes, existem ainda alguns que se
recusam a se prostrar diante dos bezerros de ouro.
Existem ainda alguns que se permitem ser aflingidos
por amor a Cristo. Alguns que entenderam a voz do
Espírito de Cristo, do Cristo que deu o exemplo a ser
seguido, não apenas em vida, mas na morte de cruz... e
são capazes de dizer "Já não sou eu quem vivo, mas
Cristo vive em mim" Cristo vive em mim. Amados, a vida
é para os que creem, e os que creem não têm medo da
morte, não devem ter medo da morte. Quem tem medo da
morte não crê. E quem não crê, não viverá. E eis que o
morte é o maior medidor da fé. Os que morrem são os que
creem.

E termino com um texto bíblico que está em 2Tm 4:2-4,
diz assim: "Pregue a palavra [Pregue a palavra],
esteja preparado a tempo [e fora de tempo], repreenda,
corrija, esorte com toda a paciência e doutrina. [Por
quê?] Porque chegará o tempo em que não suportarão a
são doutrina [chegará o tempo em que não suportarão os
caminhos de Deus, os pensamentos de Deus]; ao
contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão
mestres para si mesmos, segundo as suas próprias
cobiças."
E estes se recusarão a dar ouvidos à verdade, se
recusarão, voltando-se para as fábulas, preferindo
acreditar nos mentirosos finais felizes. Que este não
seja você, para a glória de Cristo Jesus. Amém.


__________________________________________________


Estava escutando Livres para adorar, quando ouvi essa canção junto com a pregação,
achei interessante postar aqui, porque me tocou muito. Nem preciso escrever mais
nada, a palavra por si se explica.
God Bless !
Read More

quarta-feira, janeiro 26, 2011

A Grande Catedral de Ivã, O Terrível

No centro da praça vermelha - como ela já era chamada antes da Revolução Russa - 
fica a extravagante Catedral de São Basílio, cujos 11 edifícios formam um conjunto inacreditável. Sua cúpulas, abóbadas, arcos, torres e espirais parecem cenário de contos de fadas. Seu nome verdadeiro
é Catedral da Virgem da Intercessão. Foi erigida por Ivã, o Terrível, para celebrar a conquista da cidade tártara de Kazan, ás margens do rio Volga. em 1º de outubro de 1552 - dia da Festa da Intercessão. 
Seu nome popular deriva de um santo louco sepultado no interior do templo, um profeta esfarrapado 
que, conta-se, previu o grande incêndio de Moscou em 1547. Quando a catedral ficou pronta,
conta-se que Ivã fez cegar o arquiteto que criara, para que ele nunca mais pudesse fazer nada tão esplendoroso. Um visitante escreveu: "Não há edifício no mundo que se compare à Catedral de 
São Basílio em sua estranhíssima variedade de formas."

O Cerco de Kazan
Poucos turistas sabem que as oito cúpulas coloridas de São Basílio representam oito turbantes de chefes
mulçumanos decapitados por Ivã, depois que ele conquistou as terras do médio Volga e obrigou suas 
populações islâmicas a se converter ao cristianismo.
Embora seu título fosse Ivã (João) IV, Ivã, o Terrível, foi o primeiro a se proclamar czar da Rússia - o título deriva do romano César.
Seus predecessores possuíam o título de grão-duques de Moscou e eram vassalos dos tártaros, povo
mulçumano da Ásia Central.
Moscou surgiu em 1147, a partir de uma fortaleza construída sobre uma colina de onde se descortinavam
as planícies circundantes cobertas por florestas e o rio Moskva.
Um povoado de cabanas de madeira cresceu rapidamente ao seu redor, mas foram todas queimadas por
Gengis Khan em 1237. A cidade que pouco depois surgiu das cinzas era protetorado mongol. O
primeiro Ivã, Príncipe de Vladimir, construiu a Catedral da Assunção e fez uma muralha de madeira ao 
redor da Colina de Moscou (cujo nome, em mongol, era kreml). Dentro da muralha havia duas catedrais,
duas igrejas e a morada de Ivã I, que passou a ser chamada de Kremlin.
O quarto Ivã, "o Terrível", decidiu acabar com o domínio tártaro a partir da captura de Kazan, cidade
que muitas vezes pedira apoio aos tártaros ou aos turcos para lutar contra Moscou. Kazan foi sitiada
em 20 de agosto de 1552. Suas muralhas foram derrubadas com explosivos e, em 1º de outubro, os russos
penetraram nela por uma enorme brecha.
A notícia da queda de Kazan foi comemorada em toda a Rússia.
Logo após voltar a Moscou, Ivã ordenou a construção de São Basílio.

Ivã, O Terrível 
Ivã recebeu esse apelido na segunda metade de sua vida,
após a morte de sua amada esposa. Viúvo, ele começou a manifestar sadismo,
 e há histórias apavorantes sobre sua crueldade. 
Em 1570, ele destruiu a cidade de Novgorod,
entregando-se a uma orgia de morte e destruição que durou 
cinco semanas.


         As Cúpulas de São Basílio
São Basílio foi uma inovação arquitetônica.
O estilo das igrejas russas mais antigas era bizantino,
embora muitos templos do norte do país já tivessem
cúpulas de madeira em forma de cebola muito brilhantes e coloridas. 
Mescla desses estilos, São Basílio supera ambos por seu colorido e arroubos criativos.

A Catedral de São Basílio
Cúpulas multicoloridas cobrem nove capelas. 
A do nordeste abriga o corpo de São Vassili,
 o abençoado, epônimo de São Basílio.
Erguidas entre 1555 e 1561, as cúpulas "em cebola"
só foram pintadas na década de 1670.
_____________________________________________________________________________

Agora meu resumo e opinião. Embora a catedral seja linda, a história dela contém fatos crueis,
como por exemplo cegar o arquiteto, para ele nunca mais poder fazer nada igual, isso é de um extremo egoísmo. O que me consta que foi construída por mero prazer, porque ele (O Ivã) conquistou a cidade tártara de Kazan.
Certamente cada um "acha" uma coisa, mas como serva de Deus, eu devo dizer isso tudo não é nada pra Deus. Deus ele não olha as aparências externas, ele avalia a intenção das pessoas, como por exemplo:
Esse cara o Ivã "terrível", ele penso no que pra construir esse templo? Vimos que ele buscou seu próprio
interesse. Sabemos que não é isso que Deus quer da gente, um simples ato, não vale mais que mil palavras?
Então é assim que devemos agir.
Esse meu raciocínio é uma pequena extração de uma história, para os dias de hoje, não se pode buscar
TER antes de SER.
Temos que seguir o exemplo de quem Foi, É e Sempre Será.
Amém!
Read More

segunda-feira, janeiro 24, 2011

Santiago de Compostela "O campo de estrelas"

Eu estava lendo um fascículo de lugares sagrados, e me chamou muito atenção. Santiago de Compostela
"O campo de estrelas". Conta-se a história de um eremita, que teve a visão de uma chuva de estrelas
que caía sobre um monte na Galícia, Espanha. O lugar ficou conhecido como Compostela - "campo de estrelas". Logo depois achou-se no local um altar enterrado, contendo ossos humanos atribuídos a Tiago Maior, um dos discípulos de Jesus. Segundo a lenda, os restos vieram do Egito, após o martírio do santo supliciado por Herodes. A Espanha vivia então sob domínio árabe, e Compostela rapidamente tornou-se um lugar de importância religiosa e política. São Tiago (Tiago) foi adotado como padroeiro da Espanha cristã contra os mulçumanos. O rei Afonso II foi lá prestar homenagens e mandou construir uma capela. Afonso III a refez, em pedra. A cidade que cresceu ao redor tornou-se o mais importante centro europeu de peregrinação, depois de Roma e Jerusalém. A lenda rapidamente incluiu Carlos Magno que teria sonhado que São Tiago lhe informava o lugar de seu túmulo na Galícia. O caminho da França a Santiago tinha várias hospedarias para romeiros.
Eu li quase todo o fascículo, como cristã e estudante creio que estudar nunca é demais.
Eu tenho a minha opinião, e vou escreve-la. Na palavra de Deus está escrito, 
Sede santos, porque eu sou santo.” 1Pedro 1.16. Então Jesus ensinava seus discípulos a ser
homens corretos, justos, e santo. Mas a santidade que eu estou querendo dizer, é aquela que justamente
Jesus nos ensinou, o que não significa que deixamos de ser pecadores. Somos pecadores, mais a partir do momento que seguimos a Jesus, selamos um compromisso de dar nosso melhor, e imitamos Jesus.
Tiago foi um homem santo, mas ele foi apenas um homem, e não pode interceder por ninguém.
Eu estou tentando esclarecer aqui, que os Santos não pode interceder por ninguém, nem São Pedro, São Tiago ,nem São Lucas, nem a Madri Teresa e assim sucessivamente [...] A história destes Santos foi linda,
um exemplo a ser seguido, mas não adorado.
Essa história/lenda que escrevi acima não é nem metade do que eu li, e como vemos, as pessoas desde a
antiguidade confundem Santidade com religiosidade. Tudo o que era achado, já era motivo de adoração,
eles adoravam pedras, madeiras [...], isso não edifica ninguém, não podemos colocar nossa fé numa simples pedra, e sim, em Deus aquele que é DIGNO.

Amanhã eu vou escrever aqui a história de São Basílio "A grande catedral de Ivão, O terrível",
para vocês entender melhor, e saber distinguir o certo, do errado.
God Bless.
Read More

sexta-feira, janeiro 21, 2011

Pior trabalho do mundo

E você reclamando do seu trabalho...
Tem pior trabalho que esse? risos
Read More

quinta-feira, janeiro 20, 2011

Saber casar

Este conto fala-nos de um senhor que quase provocou a morte do seu irmão mais novo por se ter apaixonado por uma mulher desconhecida. Ė preciso sabermos que quando casamos nem todo o tipo de mulher serve.

Era uma vez um senhor caçador e um irmão pequeno que viviam numa pequena povoação. Quando ia para a caça, o caçador deixava o irmão em casa. Certa altura, o caçador resolveu casar, porque estava cansado de viver solteiro. Mas ele não quis casar com nenhuma mulher da povoação em que vivia. Numa manhã de cacimbo, no Inverno, enquanto caçava, encontrou uma mulher muito bonita a tremer por causa do frio que assolava aquela floresta. Sem mais olhar para trás, apaixonou-se pela menina. E a menina, também sem mais hesitar, aceita o pedido de casamento, e caminharam para casa para viverem maritalmente.
Passados alguns meses, a mulher fazia «espetados» estranhos que ameaçavam o menino. Quando ambos ficavam sozinhos, devorava toda a carne sem deixar nada. O menino explicava o que se passava ao irmão, mas ele não «dava de nada». A situação tornava-se mesmo alarmante e a caça já não era suficiente para a menina carnívora.
Certa manhã, depois de o marido partir para a caça, ela transformou-se em leoa e tentou apanhar o menino. O menino, sem mais demora, deu um pulo para fora de casa e pôs-se a correr em direcção ao local de caça onde o irmão estava, enquanto chorava «de gritos».
Quando deu conta que estavam próximo do local de caça (porque o marido dizia sempre para onde ia caçar), voltou a transformar-se em pessoa e chamou o cunhado, enquanto dizia que brincava com ele.
Depois do regresso do irmão a casa, o menino contou tudo ao irmão, mas ele fez-se surdo. Temendo pelo perigo em que a sua vida se encontrava, o menino resolveu viver fora de casa, porque aquele episódio repetiu-se frequentemente. Mas o irmão caçador, depois de ouvir tantas lamentações do irmão pequeno e de alguns vizinhos, deu ouvidos ao irmão e disse:
- Vou-me esconder próximo da aldeia e se ela tornar a fazer o mesmo corres para a direcção para onde me dirijo.
O mesmo voltou a acontecer e o menino fez o que foi combinado. Correu em direcção ao local onde estava escondido o seu irmão. Escutando os gritos e choros do irmão que vinha a ser perseguido por uma leoa, o caçador preparou a espingarda em posição de fogo.
Quando o menino e a leoa chegaram próximo dele, sem mais hesitar, atingiu a leoa na cabeça com um tiro e a leoa acabou por morrer.
 O caçador pegou no irmão e regressou a casa, enquanto chorava, porque tinha posto em perigo a vida de seu irmão. Aprendeu que quando procuramos casar ou arranjamos uma mulher ou um homem para casar, primeiro devemos procurar saber que tipo de ser humano é.

Esta é uma história que nos vem ensinar que quando pensamos casar, devemos ter cautelas, para não pormos em perigo as nossas vidas, as nossas relações de amizade com a família, amigos e pessoas chegadas.

Carlos Kakulu 
  Estudante da Universidade da Namíbia
Read More

quarta-feira, janeiro 19, 2011

O Fantasma Elegante

No dia 24/03/2006 eu criei uma história sobre um fantasma chamado Elegantino.
Agora vou postar aqui essa história maluca.

Há um tempo atrás, existiu um fantasma chamado Elegantino,
o nome dele é assim porque desde quando nasceu é elegante.
Ele cresceu e ficou um jovem muito bonito, era um fantasma 
alto, bem branco, tinha uns olhos bem escuros. E era boa pinta.
Um dia ele foi ao baile dos fantasmas, Elegantino foi muito 
elegante, estava usando um terno preto com uma blusa branca 
por baixo e um penteado tipo Elvis Presley.
Curtindo muito o baile, conheceu a Elvira, muito bonita.
Ele chamou-a para dançar, e começaram a dançar. Quando
de repente chega o fantástico fantasma e diz: 
Eu quero dançar com Elvira. O Elegantino ficou muito 
nervoso e disse: Você não vai dançar com ela não.
E então começou a briga entre os dois... O fantástico fantasma venceu,
o Elegantino ficou todo machucado. Daí a Elvira 
foi cuidar dele e, Ele ficou tão feliz que se tivesse ganhado,
nem ficaria tão feliz assim.
Já o fantástico fantasma ficou triste, porque ele perdeu
e ganhou: ganhou a luta e perdeu a Elvira.
FIM!

Depois que eu terminei minha história, desenhei o Baile, eles dançando e tudo mais (...)
Tenho guardado essa relíquia [risos].
Read More

terça-feira, janeiro 11, 2011

Olhar Protetor


OLHAR PROTETOR 
Com a morte prematura de sua esposa, um homem volta para casa, após o enterro, juntamente com seu filho que ainda era pequeno. Como não havia nenhuma motivação para fazer qualquer coisa, foram para a cama cedo. Enquanto estava deitado, sofrendo na escuridão com o coração partido, teve o silêncio quebrado pelo pequeno menino que de sua pequena cama fez uma pergunta perturbadora: "Papai, onde está mamãe?" O pai se levantou e trouxe o filho para sua cama. O menino, ainda transtornado e inquieto, fazia perguntas como: "Por que mamãe não está aqui?" ou "Quando ela vai voltar?" Finalmente ele disse: "Papai, se você ficar olhando para mim eu acho que vou conseguir dormir agora." Logo a seguir, no escuro, enquanto fitava seu filho, agora quieto, o pai orou: "Senhor, entendo como poderei suportar este momento tão difícil. Se estiveres olhando sempre para mim eu serei capaz de encarar o futuro que parece incerto com a confiança e a certeza da vitória." 

Foi isso que Jesus veio nos ensinar: que o olhar de Deus estaria sempre sobre nós. Podemos estar convictos do seguinte fundamento: Deus está conosco nesta caminhada. Nada pode acontecer àqueles que agem de acordo com a vontade de 
Deus. Nada pode nos separar de Seu amor. 

Que tranqüilidade para nós saber que nos momentos de maiores provações podemos descansar e confiar plenamente no olhar que nos protege, nos sustenta e nos dirige. Sob este olhar, o temor desaparece e as incertezas são aniquiladas e, mesmo que as sombras estejam lhe envolvendo, siga em frente. Deus olha e cuida de você. Logo a luz voltará a brilhar em sua vida!
(Paulo Roberto Barbosa, Pr).


"Porque estou certo de que, nem a morte... nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.  (Romanos 8:38, 39)"

Read More

domingo, janeiro 02, 2011

Oração para o começo do ano


A vida passa depressa, Senhor, 
o tempo corre veloz.
Os dias sucedem-se ininterruptamente.
A vida é cada vez mais agitada.
Não há tempo para mais nada.
É preciso correr para acompanhar.

Mas hoje queremos parar um instante 
para falar convosco, Senhor, 
pois um ano novo
é uma etapa nova que começa.
Hoje os nossos pensamentos 
são de gratidão: 
seria difícil enumerar os benefícios
recebidos até o dia de hoje.

Queremos também pedir perdão, 
pois nem sempre levamos a vida a sério.
Muitas vezes deixamos de cumprir 
as nossas obrigações.
Falhamos tremendamente 
nas relações com os outros.
Perdoai-nos, Senhor.

Com o começo do novo ano 
queremos iniciar uma vida nova, 
uma vida mais autêntica 
e mais sincera.

Acompanhai-nos, Senhor, 
em cada dia. 
Firmai nossos passos 
no caminho do bem.
Derramai a paz e o amor 
nos nossos corações 
para que possamos construir 
um mundo novo, 
onde reine a paz, 
a justiça e a fraternidade, 
onde se luta 
para acabar com a miséria,
para aliviar os sofrimentos alheios.

Assim, a vossa presença 
marcará cada vez mais o nosso mundo.
Fortalecei-nos, Senhor, 
na luta e guiai-nos hoje e sempre. 
Amém.



Read More

© 2011 Its Ketylin, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena