God bless you !

domingo, julho 04, 2010

Quantas vezes?

Quantas vezes não pronunciamos no momento oportuno as palavras que gostaríamos de dizer,
 pelo medo de parecermos ridículos e imaturo...
Quantas vezes ficamos porque tivemos medo de partir...
Quantas vezes partimos porque tivemos medo de ficar...
Quantas vezes dizemos baixinho o que na realidade gostaríamos de gritar...
Quantas vezes? [...]
Sou até meia suspeita pra entrar neste assunto, risos,
porque tenho uma capacidade enorme de ponderar
tudo o que vejo... Como um vício. Claro que não criticando,
mais me aprofundando no temido 'porque',
da pessoa, do que o 'porque' daquilo ou disto.
O porque das coisas se trata mais do 'porque' do sentimento
sempre provém de algo.
Quantas vezes nos negamos à entender a nós mesmos?
O Porque daquela nossa atitude?
Ou talvez da onde proveio aquilo?
Será que é o descuido da nossa parte deixar passar o nosso
sentimento, a entender ele?
Nossos sentimentos é que nos fazem pensar quantas vezes eu poderia
ter dito e não disse... Ou feito e não fiz...
Voltar atrás não adianta; o tempo não pára.
Se arrepender muitas vezes é melhor do que voltar atrás sabe porque?
Através do erro que você cometeu você também aprendeu...
E devolver ao passado o que você já viveu é besteira. Se arrepender
é como esquecer e, lembrar daquilo e rir, como se não estivesse doído.
Iremos sempre nos perguntar "quantas vezes" a vida inteira...
Mais lembraremos disto também: Eu podia ter feito,e FIZ.

0 comentários:

© 2011 Its Ketylin, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena